sábado, 12 de setembro de 2015

Blog da Mobilidade

Quero falar de mobilidade urbana em São Paulo, cidade/metrópole onde o tema é absolutamente relevante. É urgente tratar dele. Esse primeiro post é prospectivo: por onde ir, que assuntos abordar, por que meios postar, como organizar meu tempo para conseguir firmar o projeto de tratar do assunto.
Temos a realidade: faixas de ônibus, faixas de ciclistas, motocicletas, carros, metrô, trens, pedestres. Nenhum dos segmentos funciona bem. Como tornar esse emaranhado de interesses conflituosos um projeto interessante?

Tenho pensado em pequenos textos - crônicas - sobre todos os aspectos que envolvem a mobilidade urbana. Desde nosso exemplo mais próximo - a luta pela volta do azulzinho, o ônibus que ligava a Vila Gomes, no Butantã, zona Oeste, até o Jardim Míriam, na zona Sul. Tem as conversas com motoristas. Tem a historinha dos bairros - impressões, melhor dizendo, de cada lugar que posso visitar. Tem os papos com idosos, que posso bater. Com os ciclistas. Com os motoqueiros. Com metroviários. Com os usuários. Mas nada técnico; literário. Narração na primeira pessoa. Com entrevistas, vídeos, áudios.

Para início de conversa, preciso conhecer esse universo. Saber dos projetos, dos argumentos de todos os envolvidos, da legislação. E, sobretudo, saber se já não tem gente fazendo o que pretendo. Depois, à medida que for construindo o blog/site/redes sociais, buscar linhas de financiamento para o projeto. É uma mídia, sim.
Então, vamos lá.